• Seg. Jul 22nd, 2024

Estados Unidos. Oito naturais do Tajiquistão detidos por suspeitas de ligação ao Estado Islâmico – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Jun 11, 2024

Oito cidadãos do Tajiquistão foram detidos nos últimos dias no território dos Estados Unidos por suspeitas de terem ligações ao Estado Islâmico, de acordo com vários meios de comunicação norte-americanos que citam fontes das autoridades com conhecimento desta operação.

Segundo a CBS News, os suspeitos foram detidos pelas autoridades fronteiriças dos EUA (ICE, na sigla em inglês) em Los Angeles, Nova Iorque e Filadélfia. Não são conhecidas quaisquer informações sobre planos terroristas ativos — e, para já, pesam sobre eles apenas acusações relacionadas com imigração ilegal.

A mesma estação recorda que, em abril, o diretor do FBI, Christopher Wray, já tinha alertado para a existência de operações de tráfico humano na fronteira sul dos EUA com o objetivo de introduzir no território americano pessoas ligadas a grupos terroristas. O alerto aconteceu depois de um ataque de uma célula do Estado Islâmico em Moscovo que provocou a morte a quase 150 pessoas.

A NBC acrescenta que os oito homens cruzaram a fronteira sul dos EUA e foram sujeitos a escrutínio das autoridades, tendo recebido autorização de entrada por não ter sido identificado qualquer registo de criminalidade no passado.

De acordo com o The New York Post, que inicialmente avançou a notícia, a operação da polícia fronteiriça avançou depois de o FBI ter contactado a agência com informações sobre as suspeitas. A investigação envolveu pelo menos uma escuta telefónica em que um dos suspeitos teria mencionado a possibilidade de um ataque com bombas.

Num comunicado em conjunto, o FBI e o Departamento de Segurança Interna dos EUA confirmaram que, “nos últimos dias, agentes do ICE detiveram vários cidadãos estrangeiros”, numa ação levada a cabo em “coordenação próxima com as equipas de contra-terrorismo do FBI”. Os indivíduos estão sob custódia do ICE a aguardar a sua “remoção” do país.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *