• Qua. Jul 17th, 2024

Fact Check. Imagens mostram consequências do impacto de um asteróide com a Lua? – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Jun 28, 2024


Um vídeo surgiu recentemente nas redes sociais onde se alega que um asteróide colidiu com a Lua. O conteúdo, que tem duas perspetivas — uma do impacto destrutivo do asteróide na Lua, visto a partir do espaço; e outro a partir do planeta Terra –, além do vídeo, não é acrescentada mais nenhuma informação relevante que confirme aquele suposto desastre espacial. Trata-se, no entanto, de uma publicação falsa.

Ao contrário do que acontece com conteúdos semelhantes, neste caso, o vídeo revela uma qualidade considerável das imagens. No entanto, se procurarmos por notícias sobre o evento catastrófico, não é possível encontrar nenhum resultado que confirme a veracidade do que foi partilhado. Nem em Portugal, nem no estrangeiro. A NASA, agência federal ligada à área da astronomia e do espaço nos Estados Unidos, por exemplo, não fez qualquer referência recente a uma colisão daquela envergadura.

Por outro lado, inserindo numa nova pesquisa os termos “simulação de uma colisão de um asteróide”, ou mesmo “o que aconteceria se um asteróide colidisse com a Lua”, aí, sim, podemos chegar a resultados que nos mostram o mesmo conteúdo que analisamos neste fact check — mas que surgem com a indicação de que foram manipulados. Ou, para sermos mais rigorosos, digitalmente fabricados.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O jornal inglês Metro partilhou, em 2021, imagens de um canal de Youtube que estaria a animar, com recurso à técnica de close-up, uma suposta colisão muito semelhante à que vemos na publicação original. Na mesma plataforma, escrevendo exatamente o mesmo texto, podemos encontrar vídeos com o nome “asteróide colide com a Lua” (em inglês) e, curiosamente, também encontramos imagens muito parecidas com a que o Observador está a verificar.

A ameaça dos asteróides “é bem real”, mas pode ficar escondida pelo brilho de milhares de satélites no céu

Apesar de o vídeo ser de junho deste ano, ou seja, muito recente, já foi anteriormente verificado por outros fact-checkers internacionais espalhados pelo mundo. Ainda que estejamos perante um vídeo manipulado, é importante dizer que a colisão de asteróides com planetas ou satélites já aconteceu e continua a ser uma ameaça real. Foi, aliás, isso mesmo que o astrofísico Josep Maria Trigo Rodriguez assegurou ao Observador este ano.

A ameaça dos asteróides “é bem real”, mas pode ficar escondida pelo brilho de milhares de satélites no céu

Também foi notícia que em 2029 um asteróide irá passar perto da Terra. Mas desse não é possível obter imagens reais e devidamente verificadas — e não, como é fácil de compreender, quaisquer registos de impactos desse corpo com a Lua. Apenas é possível encontrar imagens manipuladas digitalmente, tal como encontramos na publicação original aqui analisada. Também é relevante referir que a Lua já foi atingida por asteróides nos últimos três mil milhões de anos. Daí a sua forma repleta de crateras.

Apófis, o temido asteroide que passou do “Senhor do caos” a amigo da Terra e que vai passar por perto em 2029

Conclusão

Não é verdade que um vídeo publicado nas redes sociais mostre, de facto, uma colisão de um asteróide com a Lua. Esse vídeo foi digitalmente manipulado e pode ser consultado em plataformas como o Youtube. É também possível encontrar uma notícia onde se fala da “possibilidade de ver uma colisão entre a Lua e um asteróide”.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador, este conteúdo é:

ENGANADOR

No sistema de classificação do Facebook, este conteúdo é:

PARCIALMENTE FALSO: as alegações dos conteúdos são uma mistura de factos precisos e imprecisos ou a principal alegação é enganadora ou está incompleta.

NOTA: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.


IFCN Badge



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *