• Dom. Jul 14th, 2024

Manifestantes anti-touradas concentrados no Campo Pequeno em Lisboa – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Jul 4, 2024

Manifestantes anti-touradas juntaram-se esta quinta-feira em Lisboa, em frente da praça de toiros do Campo Pequeno, exigindo o fim das touradas e prometendo voltar aos protestos no próximo mês.

No dia em que começa a temporada de touradas de Lisboa, os manifestantes exibiram grandes faixas com as frases “Tourada é tortura”, “Libertação animal” e “Ação Direta”, o nome do movimento que marcou o protesto.

Cristina Cardoso, organizadora da iniciativa, explicou à Lusa que além desta quinta-feira os protestos irão voltar sempre que estiver marcada uma tourada para o Campo Pequeno, em agosto e setembro.

“Estamos aqui como todos os anos, pelo menos nós Ação Direta desde 2014, a mostrar que as touradas devem ter um fim, porque não é cultura, não é nosso, é violento e completamente desnecessário existir”, disse.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Lembrando que há outras formas de “boa cultura”, exemplificando com o fado ou com o teatro, Cristina Cardoso salientou que há muito trabalho cultural disponível e que é útil mas não é o caso da tourada.

Com uma camisola negra com a frase “morte à tauromaquia”, bandeiras também negras em fundo com as palavras “animal liberation“, a responsável admitiu que é difícil acabar com a tourada “quando há muita gente que, diz-se, depende dela”, mas reafirmou que há muitas outras formas de “boa arte” sem ter de torturar animais, cavalos ou toiros.

O protesto desta quinta-feira termina às 21h45, hora a que na praça começa a tourada. Mas ficou a promessa: “Em agosto voltamos, cada vez que houver uma tourada estaremos aqui para mostrar que já é tempo de dizer basta”.

O protesto anti-touradas, junto do Campo Pequeno, foi promovido pela Ação Direta Portugal, um grupo de ação informal de defesa da causa animal, constituído por voluntários, acontecendo no mesmo dia em que se inaugura a temporada de touradas em Lisboa.

De acordo com a Federação Portuguesa de Tauromaquia (Protoiro), a tourada desta quinta-feira faz parte de um grupo de quatro, que vão decorrer até setembro.

Na praça de toiros de Lisboa (Campo Pequeno) vão estar esta quinta-feira presentes João Moura Jr., Marcos Bastinhas e António Telles, filho, que vão lidar toiros da ganadaria de Murteira Grave que serão pegados pelos forcados amadores de Santarém e Montemor.

Serão homenageados dois forcados históricos, Nuno Megre dos amadores de Santarém e João Cortes dos amadores de Montemor-o-novo.

A segunda tourada será a 8 de agosto, a Corrida do Emigrante, a terceira a 22 de agosto e a temporada termina a 6 de setembro.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *