• Qui. Fev 29th, 2024

Jorge Sánchez assina pelo FC Porto e aumenta filão mexicano no Dragão – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Ago 29, 2023

Os investimentos do FC Porto na América do Sul e na América Latina tiveram não só retorno desportivo mas também a nível de novos públicos, com o track dos azuis e brancos a multiplicar números nas redes sociais. Aí, houve dois focos em especial: a Colômbia, com Falcao, Jackson Martínez, James Rodríguez, Guarín e companhia, e o México, com Héctor Herrera, Jesús Corona, Layún ou Diego Reyes. De forma natural, as ligações entre esses países e os dragões foram estreitando, como se viu no ano passado quando os portistas foram jogar ao Jamor frente ao Casa Pia num encontro de má memória para a equipa de Sérgio Conceição.

“Um mexicano como capitão de equipa?”: Sérgio Conceição revela episódio entre elogios a Herrera

“Fui convidado a assistir a uma partida entre o FC Porto e os gansos do Casa Pia, vizinhos da embaixada mexicana. Conheci o mítico presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, e perguntei-lhe quando é que volta a contratar mexicanos. ‘Continuamos interessados’, respondeu. O FC Porto tem uma grande história de ligação ao México. Grandes jogadores como Herrera, Diego Reyes, Layún, Tecatito Corona ou jogaram no FC Porto, com maior ou menor êxito. Oxalá outros jovens jogadores tenham uma oportunidade”, escreveu nas redes sociais o embaixador do país, Bruno Figueroa, após esse nulo dos azuis e brancos.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Luis Chávez, médio internacional mexicano que esteve no último Campeonato do Mundo, chegou a estar perto de rumar ao Dragão quando ainda era jogador do Pachuca mas o acordo que parecia eminente acabou por não concretizar-se. Ficou adiada a chegada de mais um jogador do país aos portistas mas seria uma mera questão de tempo, neste caso uma janela de transferências: Jorge Sánchez, lateral direito de 25 anos que jogava agora nos neerlandeses do Ajax, vai reforçar o FC Porto. As negociações que estavam há muito adiantadas ficaram em definitivo fechadas este domingo, com o internacional a receber autorização por parte do clube de Amesterdão para rumar à Invicta e fazer os habituais exames médicos antes de assinar contrato.

O jogador que esteve também no último Campeonato do Mundo, em que o México acabou por cair na fase de grupos com uma vitória (Arábia Saudita), um empate (Polónia) e uma derrota (Argentina), chega aos azuis e brancos na condição de emprestado com uma cláusula de opção de quatro milhões de euros. Foi nesses pormenores de como acionar esse ponto que entroncaram as últimas negociações entre ambos os conjuntos, sendo de esperar que o jogador possa ficar a título definitivo no Porto a partir de junho de 2024.

Formado no Santos Laguna, onde fez a estreia como sénior aos 18 anos, Jorge Sánchez foi contratado pelo América, onde se destacou ao longo de quatro anos como titular indiscutível. Essas exibições valeram-lhe a chegada à seleção principal do México após conquistar a medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio e ao Ajax, clube pelo qual assinou no verão de 2022. No entanto, a primeira experiência na Europa acabou por não correr da melhor forma, com o jogador a fazer 26 jogos oficiais (17 na Eredivisie) com três golos. Lateral com vocação ofensiva, Sánchez procurava agora um outro desafio que será no Dragão.

Esta poderá ainda assim não ser a única contratação do FC Porto ao Ajax este verão, neste caso em mais um empréstimo: Francisco Conceição, extremo internacional Sub-21 que saiu para o conjunto de Amesterdão a troca de cinco milhões de euros no último verão, pode estar de regresso ao Dragão ainda nesta janela de mercado tendo em conta a necessidade dos azuis e brancos em encontrarem mais um desequilibrador.

Um namoro de inverno que vai dar casamento no verão: Francisco Conceição no Ajax, FC Porto recebe cinco milhões

“Era uma vontade do nosso treinador e conseguimos um acordo com o Ajax que esperamos que seja bem sucedido. É mais um jogador que vem acrescentar qualidade ao nosso plantel. Terá obviamente que lutar pelo lugar mas creio que será importante e terá sucesso no FC Porto. Dá-nos garantias de que, quando entrar, terá o espírito que todos os colegas têm. Isso é muito importante para nós, estamos perante um novo dragão e esperamos que venha a ser útil. Houve mexicanos importantes na nossa história e espero que o Jorge seja mais um. Os jogadores vindos do México sempre demonstraram um grande espírito enquanto estiveram aqui, eu sou um admirador deles, dos argentinos, dos uruguaios e de todos os sul-americanos, porque são jogadores que se adaptam com facilidade ao FC Porto. Esperemos que seja esse o caso mais uma vez”, comentou aos meios do clube após a oficialização do acordo o presidente dos dragões, Pinto da Costa.

“Estou muito agradecido pela oportunidade, sinto-me muito feliz por chegar ao maior clube de Portugal e agora quero começar a trabalhar para ganhar títulos e demonstrar a minha melhor versão com esta camisola que vestirei com muito agrado. O FC Porto é o maior clube português, sei bem o que representa porque tenho muitos amigos mexicanos que passaram por cá e me falaram muito bem do clube. Aqui fazem-nos crescer como pessoas, como jogadores, sentimo-nos parte de uma família e isso é o mais bonito do futebol. Falei com o Marche [Marchesín], com o Tecatito [Corona], com o Héctor [Herrera] e quando souberam que do interesse do FC Porto disseram-me para vir logo porque ia encontrar um grupo fantástico e uma cidade linda onde foram felizes”, destacou Jorge Sánchez, também aos meios do clube.

“O Francisco [Conceição], quando soube da notícia, veio ter comigo e falou-me sobre o pai dele. Disse que era um treinador muito competitivo que me iria fazer sentir como em casa. Gosto de ser treinado por pessoas com garra e vontade de ganhar, porque isso é o mais importante no desporto. Estou ansioso por vestir as cores pelas quais darei a vida, sou um jogador que dá a alma por cada bola e é isso que farei dentro de campo. Quero que os adeptos se identifiquem comigo, porque eles são muito importantes, e festejar títulos com eles”, acrescentou ainda o internacional mexicano de 25 anos, que jogará com a camisola número 15.

 

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *