• Qui. Fev 29th, 2024

Festa do Avante!, a rentrée comunista, arranca na sexta-feira e é a primeira de Raimundo como líder – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Ago 31, 2023

A Festa do Avante!, a rentrée política do PCP, vai voltar à Quinta da Atalaia entre sexta-feira e domingo, e será a primeira de Paulo Raimundo desde que assumiu o cargo de secretário-geral. As portas do evento, que decorre no Seixal, distrito de Setúbal, abrem na sexta-feira às 18h00.

O secretário-geral deverá marcar presença nos três dias, e no domingo fará o discurso de encerramento da Festa do Avante!, no tradicional comício que encerra ao som da “Carvalhesa”. Além de Paulo Raimundo, este comício vai contar também com discursos de Inês Guerreiro, da Comissão Política da Direção Nacional da Juventude Comunista Portuguesa (JCP) e Manuel Rodrigues, membro da comissão Política do Comité Central do PCP e diretor do Avante!, a publicação do partido.

Os próximos meses vão trazer dois desafios eleitorais ao partido — as eleições regionais na Madeira, ainda em setembro, e as eleições europeias, em junho do próximo ano. Nos últimos anos, o PCP tem visto os seus resultados eleitorais descerem.

A primeira rentrée de Mortágua e Raimundo, dois líderes com agendas de “estrelas rock” à procura do eleitorado perdido

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Quando visitou o espaço da 47.ª Festa do Avante! para acompanhar a preparação do espaço e montagem das estruturas, o secretário-geral do PCP disse que o partido está “muito empenhado e com muita confiança” para estas eleições.

No entanto, Paulo Raimundo considerou que “aquilo que se vai colocar no dia 3 de setembro, logo a seguir à Festa, não são propriamente as batalhas eleitorais, é a batalha pela habitação, saúde, pelos salários, direitos, e contra esta injustiça e desigualdade”, numa antecipação dos temas que deverá abordar no domingo.

O líder comunista disse ter uma “ligação muito carinhosa” com esta iniciativa, que descreveu como “três dias mágicos”, de “grande alegria” e de “afirmação política e confiança no futuro”, tendo apelado à participação.

No que toca aos debates, o cartaz inclui uma discussão com o tema “Travar a privatização! Por uma TAP que faz falta ao país”, que contará com intervenção do deputado que integrou a comissão parlamentar de inquérito, Bruno Dias, e os dirigentes Agostinho Lopes, Manuel Gouveia e Ricardo Costa.

A líder parlamentar do PCP, Paula Santos, e o deputado Duarte Alves, juntamente com os dirigentes Vasco Cardoso e Tiago Cunha constituem o painel com o tema “Quem paga e para que servem os impostos em Portugal? Por uma política de justiça fiscal”.

Relógio europeu de Costa e Montenegro começou agora a contar

O antigo secretário-geral comunista Jerónimo de Sousa é um dos nomes do painel “Cumprir e fazer cumprir a Constituição”, que contará também com intervenções da deputada Alma Rivera, do ex-líder parlamentar João Oliveira, além de Ana Tarrafa e Rui Dinis.

O tema da saúde estará também em destaque na Festa do Avante!, com o debate “Reforçar o SNS, garantir o acesso à saúde”, que contará com intervenções de Bernardino Soares, João Dias, Isabel Barbosa, Patrícia Machado e André Gomes, e na cidade da juventude vai debater-se “A juventude e a Saúde Mental: problemas e soluções”. Está previsto ainda um painel sobre “A intervenção dos deputados do PCP: ‘Contigo todos os dias — a tua voz no Parlamento Europeu’”.

No espaço central será possível visitas duas exposições, uma sobre os 50 anos da revolução — “25 de Abril, uma revolução libertadora” — e outra sobre e os 100 do Carnaval de Torres Vedras — “Carnaval de Torres Vedras – Tradição popular. Sátira política e crítica social”.

Os 50 anos do 25 de Abril vão estar em destaque nesta Festa do Avante!. Além da exposição, conversas e a apresentação de livros, este certame político-cultural do jornal comunista vai contar também com concertos dedicados a esta celebração.

Agir vai subir ao palco 25 de Abril, no domingo, pelas 21h30, para um “concerto de homenagem ao cancioneiro do 25 de Abril, aos seus poetas e aos seus músicos de intervenção que marcaram essa época, como José Afonso, Sérgio Godinho ou Fausto”. Terá como convidados Carolina Deslandes, Lura, Milhanas e Paulo de Carvalho.

No mesmo palco, mas na sexta-feira, a Orquestra Sinfonietta de Lisboa, sob direção do maestro Vasco Pearce de Azevedo, e com o Coro Sinfónico Lisboa Cantat vão tocar “Música para a libertação do povo português”, um concerto que vai incluir orquestrações de duas melodias passadas na rádio pelo Movimento das Forças Armadas durante o golpe militar.

Além destes, será possível ouvir também artistas como Jorge Palma com Rui Reininho, Rodrigo Leão, Tim com Ensemble Ibérico, A Garota Não com Luca Argel, África Negra, Bateu Matou, Mimicat, Nenny, Ricardo Ribeiro e ainda a Orquestra do Hot Club de Portugal com Selma Uamusse.

Na programação desportiva, estão previstos torneiros de futsal e de malha, jogos tradicionais, matraquilhos, hóquei em patins e um sarau gímnico, entre outras modalidades.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *