• Ter. Abr 16th, 2024

Cabo Verde acelera esforços para se tornar numa nação digital – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 5, 2023

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, disse nesta terça-feira, na abertura de uma Cimeira Digital na Estónia, que o país está a acelerar os esforços para se tornar numa nação digital.

“Cabo Verde partilha o ambicioso objetivo de se tornar numa nação digital. Estamos acelerando rapidamente os nossos esforços em direção a essa visão”, disse o chefe do Governo, na abertura da cimeira sobre tecnologias digitais.

A participação na cimeira é um dos pontos da agenda de Ulisses Correia e Silva, que está de visita oficial à Estónia, a convite da sua homóloga, Kaja Kallas, tendo elogiado a “notável revolução digital” daquele país europeu, com quem quer manter uma “forte parceria”. Referindo que os principais recursos de Cabo Verde são o sol, o vento e diversidade de paisagens, Correia e Silva avançou que o arquipélago está a transformar esses recursos em energias renováveis, água dessalinizada do mar e economia azul e turismo.

“A natureza nos ensinou o valor da resiliência e a importância de se investir no nosso maior recurso: no capital humano, o nosso povo. Ele nos ensinou a descobrir o nosso segundo principal recurso: a estabilidade, a boa governação e níveis baixos de perceção da corrupção, derivado da democracia e de instituições credíveis”, declarou. Para o chefe do Governo cabo-verdiano, a tecnologia digital pode desempenhar um “papel fundamental” na salvaguarda e melhoria da democracia, na melhoria da transparência financeira e fiscal na administração pública, no combate à corrupção e na promoção da prestação de contas.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Enumerando várias medidas no país para melhorar a transparência, reconheceu que a democracia na era das redes sociais, da inteligência artificial e da política quântica pressupõem grandes desafios para todos os países do mundo. “A resposta a esses desafios é mais democracia, maior empoderamento dos cidadãos, mais confiança nas instituições e regulação digital global”, afirmou, dizendo que Cabo Verde está numa “jornada transformadora”, em que a tecnologia digital serve como um acelerador em diversas áreas.

“Aspiramos posicionar Cabo Verde como um Hub Digital em África”, acrescentou, prometendo acelerar a transformação digital, para beneficiar a democracia, a governação, a economia, o bem-estar dos cidadãos e o desenvolvimento sustentável.

A Cimeira Digital de Tallinn (Tallinn Digital Summit) é organizada este ano sob o lema “Reforço da Democracia”, para abordar “formas de governação resiliente, reativa e aberta, visando construir democracias modernas e robustas”. Trata-se de um encontro anual organizado pelo Governo da Estónia “que congrega líderes de nações digitalmente avançadas para debater os desafios e as oportunidades do mundo interconectado”, acrescentou.

Durante a sua estada na Estónia, o primeiro-ministro cabo-verdiano vai, ainda, participar, quarta-feira, na sessão plenária de abertura da 8.ª Cimeira Mundial da Parceria para uma Administração Aberta, que vai debater “a transparência na administração pública na era digital”.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *