• Qui. Fev 29th, 2024

Pentágono lança site dedicado a ovnis e identifica Japão como um dos sítios com mais avistamentos – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 5, 2023


O Pentágono tem um novo site dedicado a “fenómenos anómalos não identificados”, a designação oficial que é dada a ovnis – objectos voadores não identificados. No site governamental, é possível reportar avistamentos de objetos desconhecidos e também obter mais informações sobre este tipo de fenómenos.

Mas, além destas valências, o site da All-domain Anomaly Resolution Office (AARO) também contém dados estatísticos desde 1996 até 2023, que são revelados pela primeira vez. Entre os dados compilados estão os locais com maior número de avistamentos de fenómenos inexplicáveis, a que altitude foram detetados ou ainda questões mais específicas, como dimensão, forma ou cor dos objetos.

O site especifica que entram nesta categoria de fenómenos anómalos objetos aéreos que não são imediatamente identificáveis, objetos ou equipamentos transmédium e objetos e equipamentos que não são imediatamente identificáveis e que apresentem um comportamento ou desempenho que sugira que podem estar ligados às restantes categorias.

Neste mapa, o Japão é identificado como o maior “hotspot” global para estes fenómenos anómalos não identificados, mais concretamente na zona ocidental e no sul do Japão, perto das cidades de Nagasaki e Hiroshima, onde foram detonadas as bombas atómicas em agosto de 1945. Outro dos pontos do Japão incluídos é a região de Fukushima, onde está a pequena localidade de Iino-machi, onde a população até já fala na “casa dos aliens” devido às centenas de avistamentos de fenómenos sem explicação. Fukushima foi também onde ocorreu um desastre nuclear, em 2011, na sequência de um tsunami.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Outros pontos com vários avistamentos são o Médio Oriente, mais concretamente o Iraque e a Síria, mas também é identificada uma região perto da Polónia, ainda que com menor atividade. Há também alguma atividade nos Estados Unidos, mais concretamente na Carolina do Sul.

O mapa disponível no site

Ao longo de 27 anos, as características mais comuns deste tipo de objetos são formatos redondos, entre um a quatro metros, de cor branca, prata ou translúcidos, avistados entre 3 a 9 metros de altura.

O governo norte-americano tem apostado numa abordagem de maior transparência em relação ao tema dos ovni. Em julho, uma audição no Congresso norte-americano deixou os legisladores surpreendidos ao ouvir alguns dos testemunhos de oficiais norte-americanos que relataram que o governo dos EUA terá em sua pose alguns objetos destes.

Observação de OVNIs “não é acontecimento isolado”. Pilotos militares e de voos comerciais “testemunham frequentemente fenómeno”



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *