• Seg. Jul 15th, 2024

Depois de reaparecer em foto, General “Armagedão” terá recebido cargo “periférico” na Rússia, longe da guerra com a Ucrânia – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 11, 2023


Depois de relatos sobre a sua detenção e desaparecimento, Sergei Surovikin, conhecido por “general Armagedão” e ex-comandante chefe da força aérea russa, terá recebido um novo cargo de trabalho na Rússia.

De acordo com a Sky News, o general será agora o responsável por supervisionar o sistema conjunto de defesa aérea dos Estados-membros da Comunidade dos Estados Independentes (CEI) — dos quais fazem parte a Arménia, Azerbaijão, Bielorrússia, Cazaquistão, Quirguizistão, Rússia, Tajiquistão, Usbequistão e, com participação suspensa, a Moldávia —, como presidente de uma comissão de coordenação militar.

Uma posição descrita como “periférica”, considerando o afastamento em relação à guerra na Ucrânia, o tema mais premente no quadro geopolítico russo, com o qual Surovikin tinha estado envolvido, como comandante das forças russas na Ucrânia, cargo que ocupou durante um breve período de tempo.

Putin demite Surovikin, comandante-chefe da força aérea russa desaparecido desde a rebelião do grupo Wagner

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

De acordo com o Instituto para o Estudo da Guerra (ISW, sigla em inglês) americano, a mudança de posição do general coincide com os “padrões anteriores da liderança militar russa”, que prefere “transferir comandantes desgraçados e ineficazes para posições periféricas” do que exonerá-los oficialmente das forças russas.

O general russo, conhecido pela brutalidade nas guerras na Chechénia e na Síria, que foi também, durante um breve período, comandante das forças russas na Ucrânia, estava desaparecido desde que se levantaram as suspeitas sobre se teria tido conhecimento prévio sobre a rebelião armada do grupo Wagner, liderada por Yevgeny Prigozhin (entretanto morto, depois de uma queda de um avião) — ainda que, através de um vídeo e na altura da insurreição, o general tenha instado o grupo paramilitar a suspender a ação contra Putin.

General desaparecido desde a rebelião do grupo Wagner está a “descansar”, diz deputado do partido de Putin

Surovikin reapareceu no início do mês numa fotografia publicada no Telegram da jornalista russa, Ksenia Sobchak: “O general Sergei Surovikin está fora. Vivo, saudável, em casa, com a sua família, em Moscovo. Fotografia tirada hoje”, escreveu. A imagem mostra um homem de chapéu e óculos de sol, de braços dados com uma mulher ruiva, parecida com a mulher do general, Anna Surovikin.

A imagem partilhada no Telegram que mostra, alegadamente, o general e a sua mulher.

Além de Sobchak, também Alexei Venediktov, jornalista independente russa, partilhou uma mensagem no Telegram: “O general Surovikin está em casa com a sua família. Ele está de licença e à disposição do ministério da Defesa”, cita o The Guardian.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *