• Seg. Abr 15th, 2024

Roma goleia Empoli e soma a primeira vitória da época – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 17, 2023

A Roma entrava para a quarta jornada da Serie A sem qualquer vitória, somando duas derrotas com o Hellas Verona e o AC Milan e um empate com a Salernitana, e estava afundada no penúltimo lugar da liga italiana. Perto do Olímpico, no início do terceiro ano de José Mourinho no clube, começavam a soar os alarmes da maldição das terceiras temporadas do treinador português.

Na primeira passagem pelo Chelsea, Mourinho deixou o clube por mútuo acordo logo em setembro de 2007, no início da terceira temporada consecutiva nos blues. No Real Madrid, Mourinho deixou o clube em maio de 2013, no fim da terceira temporada consecutiva nos merengues. No Manchester United, Mourinho deixou o clube em dezembro de 2018, a meio da terceira temporada consecutiva nos red devils. Em comum, esses três anos têm a ausência de sucesso desportivo e contínuos e recorrentes desacordos com as cúpulas do Chelsea, do Real Madrid e do Manchester United.

Mourinho voltou, mas o vento não mudou: Roma perde com o AC Milan e ainda não venceu esta temporada

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Ainda assim, e mesmo com a derrota na final da Liga Conferência da época passada e o péssimo arranque de temporada, José Mourinho ainda tem defensores no universo da Roma — incluindo um tão importante como Francesco Totti. “Falamos muito um com o outro. Para mim, ele é o número um como treinador. Criticá-lo quando já ganhou mais de 20 títulos? Então, imaginem os outros que ganharam menos. Contestá-lo parece-me uma heresia. Para vencer são precisos jogadores, é essa a base, mas também é preciso um grande treinador que os estimule e os ajude”, atirou o antigo jogador italiano em entrevista ao Corriere dello Sport.

Era neste contexto que a Roma recebia o Empoli este domingo, a única equipa que estava pior do que os giallorossi, sem qualquer ponto conquistado ao longo de três jornadas. Mourinho lançava Cristante, Paredes e Renato Sanches no meio-campo, com Dybala e Lukaku no ataque, e deixava El Shaarawy, Belotti e Zalewski no banco. Do outro lado, Paolo Zanetti tinha o ex-Benfica Ebuehi também na condição de suplente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *