• Qui. Fev 29th, 2024

“Proteger-me de quê”? Convocatória deixa Jenni Hermoso de fora e jogadora acusa federação de ameaças – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 19, 2023

A polémica, que envolve a seleção feminina e a federação de futebol espanhola, parece não ter fim à vista. Depois de a nova selecionadora espanhola feminina, Montse Tomé, ter deixado Jenni Hermoso de fora da sua primeira convocatória, anunciada esta segunda-feira, a jogadora emitiu um comunicado a acusar a Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) de intimidação e ameaças devido ao facto de terem sido chamadas 15 jogadoras que se tinham autoexcluído da convocatória.

Convocatória da seleção feminina espanhola com 15 campeãs do mundo. Jenni Hermoso de fora

“Proteger-me de quê”, questiona a jogadora, no texto, partilhado na rede social X, numa crítica clara às palavras de Montse Tomé, que defendera que não convocar a jogadora era a melhor forma de proteger Hermoso. “Estamos com a Jenni em tudo e com todas as jogadoras. A melhor forma de protegê-la é assim”, referiu a selecionadora.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

No comunicado, a jogadora, de 33 anos acrescenta: “Passámos semanas, meses, à procura dessa proteção que não conseguimos encontrar no seio da própria RFEF. As mesmas pessoas que nos pedem confiança são as que hoje [ontem] lançam uma lista de jogadoras que pediram para não serem convocadas“.

A futebolista, que joga no Pachuca, do México, acusa a federação espanhola de usar a convocatória como uma forma de intimidação contra as jogadoras. “As jogadoras têm bem claro que se trata de mais uma estratégia de divisão e manipulação para nos intimidar e ameaçar com repercussões legais e sanções económicas. Outra prova indiscutível que demonstra que nada mudou ao dia de hoje e que confirma a razão pela qual estamos a lutar e como o estamos a fazer”, escreve Hermoso, acrescentando o que considera ser uma contradição da própria federação: “Hoje tentaram argumentar que o ambiente seria seguro para as minhas colegas quando, na mesma conferência de imprensa, foi anunciado que não me convocam para me proteger», concluiu Hermoso.

Eram 500, passaram a 200 metros: Luis Rubiales impedido de aproximar-se de Jenni Hermoso

A jogadora, que foi beijada pelo agora ex-presidente da RFEF Luis Rubiales na final do Mundial de futebol feminino, aproveitou ainda para deixar uma mensagem de apoio às colegas de seleção. “Quero demonstrar o meu total apoio às colegas que foram surpreendidas e forçadas a reagir perante outra situação lamentavelmente causada pelas pessoas que, hoje, continuam a tomar decisões dentro da RFEF”, realçou Jenni Hermoso.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *