• Sex. Mai 24th, 2024

Influencers do TikTok presos por drogarem e violarem seguidoras menores de idade – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Fev 29, 2024

Conhecidos no TikTok e no Instagram como Los Petazetaz, dois influenciadores digitais espanhóis foram presos por supostos crimes de agressão sexual, exibicionismo, pornografia infantil e prostituição de menores, de acordo com o ABC. Em causa está uma série de ocasiões em que a dupla terá drogado e violado seguidoras menores de idade no apartamento de um deles, em Villa de Vallecas, Madrid.

As agressões sexuais cometidas no apartamento de José, de 34 anos, foram gravadas através de dispositivos móveis e câmaras de segurança, segundo o El Español. O segundo agressor, Iván, tem 22 anos. De acordo com o que apurou investigação, os Los Petazetas usavam a sua popularidade nas redes sociais para escolher as suas vítimas entre as seguidoras, atraindo-as ao apartamento de um bairro madrileno.

A Polícia Nacional espanhola apurou que, depois de atraírem as vítimas ao interior, os dois homens iniciavam uma série de brincadeiras com recurso a estupefacientes, desafiando as menores a participarem, para que ficassem inconscientes. Se as raparigas recusassem relações sexuais voluntariamente, eram coagidas a fazê-lo como forma de pagamento pelo consumo de drogas, refere o ABC.

A investigação intitulada Operación Network começou em dezembro, depois de a Polícia Nacional receber uma denúncia por parte de dois companheiros de casa de José, que detetaram as atividades suspeitas. À policia, indicaram que várias raparigas menores de idade teriam alegadamente sofrido abusos sexuais numa casa desse bairro madrileno.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

A mesma denúncia acusava os alegados autores dos crimes de serem dois homens com um número significativo de seguidores em várias plataformas nas redes sociais. A investigação identificou cinco supostas vítimas e encontrou um vídeo das agressões, gravado pela dupla com a intenção de mostrar as práticas sexuais não consentidas a amigos e conhecidos.

As vítimas terão contado histórias semelhantes à polícia, envolvendo consumo de drogas e atividades sexuais sem consentimento, de acordo com o The Telegraph. Terão descrito que os homens lhes ofereceram ecstasy líquido, também conhecido como GBH, para jogar a “quem consegue ver a dobrar primeiro”. Uma das vítimas foi encontrada no apartamento de José no momento da detenção. Durante a rusga, a polícia encontrou drogas ilegais e recolheu telemóveis, imagens de videovigilância e equipamentos eletrónicos.

As detenções tornaram-se públicas na segunda-feira, levando a que o número de seguidores de Los Petazetas descesse de cerca de 442 mil para 32,2 mil, no TikTok. No Instagram, mantêm 43,8 mil seguidores. Ambos apagaram as suas contas pessoais.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *