• Qui. Mai 30th, 2024

André Villas-Boas apresenta programa eleitoral para o FC Porto – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Abr 17, 2024

O dia do FC Porto será marcado esta quarta-feira pela segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal no Dragão com o V. Guimarães após o triunfo pela margem mínima no Minho mas, na véspera da apresentação da direção desportiva em caso de eleição nas eleições de 27 de abril, André Villas-Boas deu a conhecer aos sócios e adeptos azuis e brancos o seu programa eleitoral para o sufrágio de 2024. Ao longo de 67 páginas, o antigo treinador resumiu em dez mandamentos a ideias que preconiza para os dragões.

“Há que ter uma consciência racional do futuro”: Villas-Boas sobre futuro, escolhas desportivas e o significado de gratidão no FC Porto

1. Valores. A recuperação dos valores e da mística do FC Porto. Ambição. Tradição. Paixão. Procura incessante pela excelência. referência nacional e internacional;

2. Vitória. Um crescimento sustentado no compromisso com a vitória. Sentido comum presente em todos. União, empatia e reconhecimento;

3. Inovação. Recolocar o clube na vanguarda do conhecimento e da inovação, em permanente atualização e proximidade com as melhores práticas e tendências globais. Atrair e reter os melhores talentos em cada área do clube;

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

4. Saúde financeira. Reestruturação financeira do clube e modernização das suas estruturas. Assegurar a estabilidade e o crescimento sustentável do clube e do grupo FC Porto;

5. Planeamento. Progresso e sucesso apoiados em tomadas de decisão sólidas e criteriosas. Ouvir, debater e decidir de forma a corresponder às necessidades do clube e dos sócios;

6. Fundação FC Porto. Criar a Fundação FC Porto. Utilizar o poder do desporto e da marca FC Porto de forma a combater as crescentes desigualdades sociais e económicas;

7. Comunicação. Relação com os sócios e adeptos baseada na justiça, na comunicação e transparência. Compreensão profundas das necessidades dos adeptos através de uma comunicação bidirecional e interativa;

8. Integridade. Um programa vinculado com a integridade, igualdade de género e oportunidade para todos é essencial para construir um clube justo e inclusivo;

9. Sustentabilidade. Um FC Porto pioneiro no campo da sustentabilidade, performance e inovação. Modernizar departamentos e modelos operativos com reduzida intensidade carbónica, assentes em recursos renováveis e reutilizados.

10. Ética e transparência. Um clube irrepreensível do ponto de vista ético e de transparência. Estabelecer níveis de confiança elevados com todas as instituições e stakeholders a nível nacional e internacional consolidando a marca FC Porto.

Em paralelo com esses pontos, Villas-Boas baliza também cinco grandes momentos que projeta para a próxima década do FC Porto: um FC Porto organizado e estruturado, m novo modelo de gestão desportiva desde a formação à equipa principal e o planeamento para implementação da visão em 2024-25; um FC Porto com infraestruturas renovadas, que sustenta a sua valorização na formação em todas as modalidades em 2025-27; um FC Porto com uma marca forte e valorizada no mercado, alicerçada na presença consistente nas competições internacionais de referência em 2026-28; um FC Porto com a sua reestruturação económica e financeira consolidada em 2028-32; e um FC Porto como clube modelo e de referência a nível nacional e internacional com presença no top 10 do ranking da UEFA em 2032-34.

“Não há tesouraria para pagar, a não ser antecipação de receitas. É a realidade do FC Porto”, ressalva André Villas-Boas

Entre todas as explicações apresentadas, que no fundo acabam por ser uma súmula daquilo que tem vindo a defender ao longo dos vários momentos da campanha, é na mensagem final aos portistas que André Villas-Boas volta a balizar aquilo que tem sido um ponto fulcral no atual contexto dos dragões.

“À medida que nos encontramos na cercania de um novo capítulo na rica história do nosso clube, é vital refletir sobre o nosso caminho e os horizontes promissores e desafiantes que temos à nossa frente. O programa que vos apresentei não é apenas uma estratégia para vencer as eleições; é uma visão, um compromisso e, acima de tudo, personificação da paixão que todos nós partilhamos pelo FC Porto aliada à exigência e responsabilidade que está inerente à presidência do clube. O compromisso em atingir a estabilidade financeira, as boas práticas de governança, um sentido de ética irreprovável e potenciar as relações com os adeptos, garantirá que permaneçamos fiéis com os nossos valores e unidos na perseguição do sucesso desportivo”, começou por escrever na parte final do programa eleitoral agora conhecido.

“Dar voz a um crescente número de portistas insatisfeitos”: Villas-Boas baliza objetivos em dia de inauguração do Portal das Eleições

“Além disso, ao olharmos para o futuro, não podemos esquecer as figuras que moldaram o nosso passado. O senhor Jorge Nuno Pinto da Costa tem sido a luz orientadora do FC Porto por mais de quatro décadas. A sua dedicação incansável, visão inigualável e amor inabalável pelo clube abriram caminho para realizações sem paralelo, tanto dentro como fora do campo. O seu legado é eterno, e o seu nome ecoará para sempre nos corredores do nosso Estádio do Dragão. Ao Jorge Nuno Pinto da Costa, expressamos a nossa mais profunda gratidão. As marcas dos seus passos criaram um caminho de excelência que sempre valorizaremos e procuraremos honrar”, prossegue, numa parte dedicada ao atual presidente portista.

“Se o presidente for reeleito, clube não será como conhecemos em 2028”: Villas-Boas fala em “situação de urgência” e “hora de mudança”

“Como em todas as histórias, os capítulos chegam ao fim para dar lugar a novos começos. Os ventos da mudança estão a soprar e é hora de embarcar numa nova viagem, com novas visões, aspirações e sonhos. O amanhecer de uma nova era para o FC Porto chama por nós, e juntos, escreveremos as próximas páginas da ilustre história do nosso clube. O voto não decide apenas um líder; o vosso voto vai moldar o destino deste clube que amamos para as próximas décadas; o voto de todos e de cada um vai ser determinante para um FC Porto com futuro. A nova jornada do FC Porto começa agora”, conclui.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *