• Sex. Mai 24th, 2024

o evento que reúne os melhores especialistas de laboratório – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Abr 23, 2024

Cientistas, gestores e administradores de empresas ligadas ao Laboratório. Estão todos convidados para aprender, durante três dias, sobre as últimas tendências, tecnologias e desafios enfrentados neste campo. Assente em pilares distintos, mas complementares – como o Laboratório, a Sustentabilidade, o Digital e a Produtividade – esta será uma excelente oportunidade para a atualização das últimas pesquisas, tecnologias e métodos de trabalho nos laboratórios.

Mas o labsummit não se compõe apenas de palestras de oradores nacionais e internacionais, apresentação de casos de sucesso ou painéis de discussão. De acordo com Paulo Rego, CEO da Ambidata Group, o evento “oferece uma oportunidade única para os participantes se conectarem e interagirem com colegas, profissionais, fornecedores, especialistas e líderes de opinião no campo dos laboratórios. Num ambiente que se adivinha estimulante, “haverá espaço para o networking, que pode levar a colaborações futuras, parcerias comerciais, oportunidades de carreira, troca de ideias e experiências, além de construir relacionamentos profissionais valiosos”, explica ao Observador, que será media partner deste evento. Mas haverá também espaço para workshops, que permitirão aos participantes aprimorar as suas habilidades técnicas, aprender novas técnicas de laboratório e discutir questões específicas com outros profissionais do setor.

Para João Safara, do Conselho de Administração do ISQ, o evento trará a oportunidade de partilha entre diferentes players e diferentes áreas científicas. “O labsummit é um evento inovador que, pela primeira vez, junta toda a cadeia de valor de todos os laboratórios com todos os setores industriais. Esta é a sua grande diferenciação e desafio. No mesmo fórum, encontra os seus pares e toda a cadeia de valor de diferentes laboratórios, os clientes potenciais, as oportunidades de negócio e de inovação nos setores Ambiental, Farmacêutico, Indústria de Processo, Automóvel, Energia, Alimentar, entre outros”, partilha.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Se é profissional de laboratório, certamente que lhe estará a passar pela cabeça que diferença fará este evento na sua vida. Pois bem, muita. Acreditamos que se identifica com a aprendizagem contínua e é por isso que a Ambidata, o ISQ e a RELACRE organizaram um evento completo. Por exemplo, quais as inovações em equipamentos de laboratório? Quais as novas técnicas de análise e testes? Qual a regulamentação e normas do setor? Como gerir laboratórios? Estas e outras questões fundamentais estarão em cima da mesa – ou na partilha – de alguns dos melhores profissionais da área. Para Álvaro Ribeiro, Diretor de Qualidade na RELACRE – Associação de Laboratórios Acreditados de Portugal, “os laboratórios têm um papel fundamental para a sociedade, assegurando a qualidade, a confiança e a segurança de produtos e serviços essenciais para a qualidade de vida. A atual dinâmica do desenvolvimento tecnológico tem uma forte implicação nos laboratórios, que consiste em ter conhecimento, capacidade e recursos para desenvolver a sua atividade”, explica, justificando a importância da cimeira.

Coimbra tem mais encanto na hora do labsummit


Mostrar


Esconder

Conhecida pela sua rica tradição académica, sendo o lar da prestigiada Universidade de Coimbra, uma das mais antigas e respeitadas universidades da Europa, Coimbra pode atrair profissionais interessados em laboratórios. “A realização do labsummit num ambiente culturalmente enriquecedor pode tornar o evento ainda mais atrativo, sobretudo para os participantes internacionais”, assim espera Paulo Rego. “Por outro lado, Coimbra e o Convento de São Francisco oferecem condições fantásticas a nível de acessibilidades, instalações para a realização do evento e atrativos turísticos e lúdicos. Por isso, foi, desde o início, a primeira opção considerada”, remata.

Conhecida pela sua rica tradição académica, sendo o lar da prestigiada Universidade de Coimbra, uma das mais antigas e respeitadas universidades da Europa, Coimbra pode atrair profissionais interessados em laboratórios. “A realização do labsummit num ambiente culturalmente enriquecedor pode tornar o evento ainda mais atrativo, sobretudo para os participantes internacionais”, assim espera Paulo Rego. “Por outro lado, Coimbra e o Convento de São Francisco oferecem condições fantásticas a nível de acessibilidades, instalações para a realização do evento e atrativos turísticos e lúdicos. Por isso, foi, desde o início, a primeira opção considerada”, remata.

Para que o evento corra na perfeição e não falte nada aos participantes, a Ambidata, o ISQ e a RELACRE organizaram os conteúdos e atividades em torno de quatro pilares:

Laboratório

Abrange todos os aspetos relacionados com as práticas e processos laboratoriais. Isto inclui tecnologias emergentes, equipamentos e sistemas avançados aplicados a testes, calibração e inspeção, desenvolvimento de métodos, automatização de processos, qualidade na amostragem e outros tópicos relevantes.

Digital

Que transformações digitais estão a recriar novos cenários laboratoriais? Os desafios dessa transição envolvem a adoção de soluções tecnológicas como a automação de dados, integração de sistemas, análise de big data, inteligência artificial (IA), Realidade Aumentada (AR), Realidade Virtual (VR), Blockchain, entre outras tecnologias.

Produtividade

Como se maximiza a eficiência e a produtividade dos laboratórios? Este desafio abrange a gestão eficaz de projetos, a otimização do fluxo de trabalho, a implementação de boas práticas laboratoriais, a automatização de tarefas repetitivas utilizando Robôs e Cobots, a melhoria da gestão de recursos e a capacitação de equipas. Temas como a liderança, a motivação, o trabalho em equipa e a gestão do conhecimento serão fundamentais.

Sustentabilidade

Este pilar é orientado pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas. Neste contexto, procura destacar a dimensão estratégica da sustentabilidade para os laboratórios, incluindo a pegada de carbono, a Responsabilidade Ambiental, Social e de Governação (ESG), as alterações climáticas e a importância das práticas sustentáveis nos laboratórios.

Num contexto de mudança e de adaptação, surgem novas formas de pensar, de agir, de organizar, e de tomar decisões, cuja natureza exige que sejam distintas das abordagens convencionais. Por tudo isto, os laboratórios necessitam de ter acesso a conhecimento que permita fazer essa transição. O labsummit será uma oportunidade única e um local privilegiado para essa finalidade. Não falhe.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *