• Ter. Mai 28th, 2024

avião sai da pista e faz 11 feridos no Dacar. Na Turquia, outro avião teve de aterrar de emergência – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Mai 9, 2024

Onze pessoas ficaram esta quinta-feira feridas, quatro das quais com gravidade, quando um Boeing 737 da Air Senegal saiu da pista durante a descolagem, levando ao encerramento do aeroporto internacional de Blaise-Diagne, em Dacar.

Segundo a entidade aeroportuária local, o aparelho B737/300, fretado a uma companhia aérea privada, a Transair, que se dirigia a Bamako, “saiu da pista durante a descolagem”, anunciou o departamento de comunicação do grupo, segundo a agência de notícias France-Presse (AFP).

O incidente provocou “11 feridos, quatro dos quais graves” entre os 78 passageiros, segundo o diretor do aeroporto. O mesmo responsável acrescentou que o aeroporto ficaria encerrado, para já.

Seis outros passageiros foram admitidos para observação nos serviços médicos do aeroporto, segundo a mesma fonte.

Um vídeo e várias imagens partilhadas na rede social X, mostram um avião com o logótipo da companhia aérea Transair, rodeado de espuma anti-incêndio, uma vez que a asa esquerda e o motor arderam.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Este incidente ocorre num momento em que outros três aviões Boeing estiveram recentemente envolvidos em incidentes nos Estados Unidos, Canadá e Turquia, o que está a aumentar as dúvidas sobre as aeronaves desta empresa quando as autoridades federais norte-americanas investigam os seus controlos de qualidade e segurança, segundo a agência de notícias EFE.

Boeing 767 operado pela FedEx aterra de emergência na Turquia, esta quarta-feira

Esta quarta-feira, já tinha ocorrido mais um incidente de segurança envolvendo a companhia aérea. Um dos aviões de carga, Boeing 767, foi forçado a aterrar de emergência no aeroporto de Istambul, na Turquia.

O trem de aterragem falhou e o avião aterrou com orientação da torre de controlo de tráfego do aeroporto de Istambul, comunicou o ministro de Transportes e Infraestruturas da Turquia, Abdulkadir Uraloglu.

Adiantou ainda que ninguém ficou ferido neste incidente e a tripulação evacuou a aeronave em segurança. No entanto, o motivo da falha não foi explicado pelo ministro turco, informando apenas que já estava a ser realizada uma investigação, no local do incidente.

O voo era operado pela empresa de entregas FedEx, e encontrava-se na sua última fase, seguindo desde o aeroporto Charles de Gaulle de Paris para Istambul.

O vídeo do acidente mostra a falha do trem de aterragem e o jato a derrapar pela pista, envolto em faíscas e fumo. A pista foi temporariamente fechada ao tráfego aéreo.

Em 6 de maio, foi também divulgado que as autoridades federais dos EUA estão a investigar a Boeing depois da fabricante de aeronaves ter admitido, em abril, que “pode não ter concluído” as inspeções na montagem das asas de algumas aeronaves 787 Dreamliner.

Regulador aéreo dos EUA abre investigação ao Dreamliner 787 da Boeing

A investigação começou depois de um ex-funcionário da empresa, o engenheiro Sam Salehpour, relatar que a fuselagem do 787 Dreamliner está mal montada e corre risco de quebrar em pleno voo.

Antes da denúncia, a fabricante de aeronaves já estava mergulhada numa crise profunda após terem sido detetados sérios problemas de qualidade nos modelos 737 MAX, alvo de investigação da Administração Federal de Aviação.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *