• Ter. Mai 28th, 2024

Dois irmãos são os principais suspeitos de planear ataque a migrantes no Porto – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Mai 10, 2024

As principais suspeitas do planeamento de um dos três ataques contra imigrantes no centro do Porto que ocorreram na madrugada de sexta-feira passada recaem neste momento sobre dois irmãos que integram o Grupo 1143, liderado pelo ativista neonazi Mário Machado. Segundo o semanário Expresso, que avança a notícia, um dos irmãos foi detido na operação policial depois de ser apanhado em flagrante delito com um bastão extensível.

O segundo irmão foi um dos cinco homens identificados por suspeitas de fazer parte do mesmo grupo, mas  que saiu em liberdade. Um responsável policial refere ao jornal a criação de uma “milícia” para “bater em imigrantes”, culpando-os pelos roubos que decorriam na zona. Aponta-se uma conjugação de “vingança justiceira” com “motivações xenófobas”.

Adianta ainda que um dos suspeitos participou na manifestação com o mote “Menos Imigração, Mais Habitação” que o grupo de extrema-direita levou a cabo no início de abril passado e que ficou marcada por confrontos, já que um contra protesto “antifascista” se cruzou com o primeiro perto da Praça D. João I, no Porto.

Confrontos no Porto em manifestação anti-imigração

As autoridades policiais estão a investigar se houve algum tipo de orientação por parte dos líderes do Grupo 1143 para que os suspeitos agredissem os imigrantes.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *