• Ter. Mai 28th, 2024

Sá Pinto sagra-se campeão do Chipre pelo APOEL – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Mai 12, 2024

“Querida equipa,

Agora que nos aproximamos do último jogo nesta temporada incrível, quero expressar o meu mais profundo respeito e apreço pela vossa inesgotável dedicação e espírito imbatível. Juntos, conseguimos enfrentar um conjunto de desafios que tivemos pela frente sem nunca perder de vista o objetivo principal. Contra todas as expetativas, provaram que são a melhor equipa da Liga.

As vossa excecionais performances mantiveram-nos no topo ao longo de impressionantes 25 jornadas, mostrando uma incomparável consistência e qualidade. Consolidámos a nossa posição de equipa a abater, com um incrível ataque e uma defesa sólida. Mesmo perante a adversidade, a vossa determinação nunca falhou, demonstrando um verdadeiro caráter de campeões. De facto, esta é a melhor equipa do APOEL em termos de pontos e de possibilidade em sermos campeões nos últimos cinco anos.

Num plantel com 30 jogadores, nem sempre foi possível dar as mesmas oportunidades. Selecionar apenas 11 jogadores para a equipa inicial, fazer no máximo cinco substituições e poder apenas escolher 23 para a ficha foram as decisões mais difíceis que tomei esta época. Apesar disso, quero reconhecer o espírito incrível e a dedicação que trouxeram para os treinos mesmo quando não eram incluídos para os jogos. O vosso compromisso criou um espírito de equipa vencedora que nos permitiu criar um espírito vencedor que nos colocou na luta pelo título. Quando a vitória chegar, irá pertencer a todos vocês.

Aos meus olhos, vocês já são campeões. Apesar disso, sei que ser apenas campeão em espírito não chega. Tal como eu, todos vocês querem ganhar o título à frente dos nossos adeptos. Por isso, quando entrarem em campo, joguem com o vosso coração, com paixão e com a confiança de uma equipa que não perde há nove anos com este adversário em casa. Com 20.000 adeptos a apoiarem-nos, vamos tentar que não fiquem dúvidas de como merecemos acima de todos o título. Estou muito orgulhoso e grato por poder ser vosso treinador, liderando uma equipa fantástica num clube fantástico.”

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Depois de 25 jornadas sempre na liderança, Ricardo Sá Pinto tinha na mão a possibilidade de conquistar um inédito título na carreira. Na véspera do encontro com o segundo classificado do Chipre, o AEK Larnaca, o técnico deixou uma carta aberta aos seus jogadores quase que a tentar dar último empurrão pelo ponto que estava em falta para garantir o primeiro lugar. Não foi um jogo fácil mas, no final, o empate a um com dois golos marcados nos dez minutos iniciais foi suficiente para a festa para a formação de Nicósia.

Sá Pinto ganha Supertaça do Irão e deixa mensagem forte: “Dedico às mulheres e homens que estão a sofrer. A vida está acima do futebol”

Com o melhor ataque da prova (63 golos marcados) e a defesa menos batida (24 golos consentidos), o APOEL acabou a Liga com 73 pontos entre 22 vitórias, sete empates e sete derrotas, batendo o AEK Larnaca no duelo direto após terminarem em igualdade. Cinco anos depois, a equipa de Nicósia voltou a ser campeã.

Com este título, Ricardo Sá Pinto conquistou aquilo que lhe faltava. Depois de um início de carreira com equipas da formação, onde se sagrou campeão de juniores pelo Sporting, o treinador português já ganhara uma Taça da Bélgica pelo Standard Liège (2018) e uma Supertaça do Irão pelo Esteghlal (2023). Agora, na primeira temporada no Chipre, ganhou pela primeira vez um Campeonato numa carreira onde passou por clubes dos mais variados países como Sporting, Estrela Vermelha (Sérvia), OFI Creta, Atromitos (Grécia), Belenenses, Al Fateh (Arábia Saudita), Standard Liège (Bélgica), Legia Varsóvia (Polónia), Sp. Braga, Vasco da Gama (Brasil), Gaziantep (Turquia) e Esteghlal (Irão), em 2022/23.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *