• Sex. Mai 24th, 2024

Fact Check. Robert De Niro filmado a criticar manifestantes pró-palestinianos? – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Mai 13, 2024


O ator Robert De Niro está a surgir associado a um suposto protesto contra manifestantes pró-Palestina. Numa publicação que está a circular nas redes sociais e que o Facebook sinalizou como suspeita, é possível ver um vídeo onde se ouve De Niro falar, dirigindo-se a alguém, mas não se vê a quem nem é possível enquadrar o seu discurso.

“Isto não é um filme. Isto é real. Agora, têm de ouvir, têm de trabalhar, têm de fazer o vosso trabalho. Ofereçam as vossas orações e apoio, isso é ótimo. Mas fiquem atrás da barricada. Se estão a dizer coisas sem sentido, então têm de ir para casa”, ouve-se da voz do próprio ator no vídeo que acompanha a maioria das publicações sobre o assunto. A dada altura, Robert De Niro diz que “eles vão fazê-lo de novo e vocês não querem isso” e entre parênteses aparece uma referência ao “7 de outubro”. É a data do ataque do Hamas a Israel, em 2023, mas nem o dia ou o acontecimento são referidos pelo ator americano no vídeo que é partilhado.

A publicação está a circular como um apoio a Israel e os gritos do ator na rua são enquadrados como uma reação a manifestantes pró-Palestina — nas últimas semanas registaram-se protestos pró-Palestina e contra a guerra em Gaza em várias universidades norte-americanas. “O ator premiado com um Oscar juntou a sua voz ao movimento pró-Israel quando confrontou o que pareceu ser um grupo de pró-palestenianos no set da nova série “Zero Day” que estava a ser gravada em Manhattan”, consta no descritivo de uma das muitas publicações que usam as mesmas imagens.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O momento foi, de facto, registado naquele set, mas não é sobre o que se passa na Palestina. “É 100% uma cena de De Niro na série da Netflix ‘Zero Day’ onde a sua personagem está a falar com figurantes”, disse à Newsweek Stan Rosenfield, que representa o ator. Um porta voz da Netflix disse à mesma publicação que estas imagens foram captadas durante o ensaio de uma cena da série e repete-o à Associated Press: “É parte de uma produção.”

O mesmo Stan Rosenfield explicou ainda em declarações à Reuters que um “espetador desconhecido filmou a cena durante as gravações nas ruas de Nova Iorque e publicou o vídeo. Alguém copiou a publicação e fabricou um significado completamente diferente e falso”, afirmou.

No banco de imagens da Getty é possível encontrar várias fotografias deste mesmo dia de gravações, 27 de abril, em Nova Iorque. Na fotografia abaixo é possível ver De Niro ao lado de Jesse Plemons, com quem contracena na série (e que no vídeo divulgado aparece também ao seu lado), e no descritivo surge que se trata de um momento “nas gravações do ‘Zero Day’” captado em Nova Iorque.

GettyImages-2149962629

Robert De Niro e Jesse Plemons no set da série “Zero Day” no dia 27 de abril em Nova Iorque. MEGA/GETTY IMAGENS

Conclusão

A imagens que estão a circular nas redes sociais com Robert De Niro a mandar um grupo de pessoas para casa não são de um momento do ator contra manifestantes pró-palestinianos. Segundo o representante do ator, o vídeo divulgado nas redes sociais é parte do ensaio de uma cena da série da Netflix  “Zero day”, um “thriller político”, descreve a plataforma de streaming, que ainda não estreou e que conta com De Niro no seu elenco.

Assim, de acordo com o sistema de classificação do Observador, este conteúdo é:

ERRADO

No sistema de classificação do Facebook este conteúdo é:

FALSO: as principais alegações do conteúdo são factualmente imprecisas. Geralmente, esta opção corresponde às classificações “falso” ou “maioritariamente falso” nos sites de verificadores de factos.

NOTA: este conteúdo foi selecionado pelo Observador no âmbito de uma parceria de fact checking com o Facebook.


IFCN Badge



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *