• Ter. Mar 5th, 2024

“Passava uma, duas vezes e sinalizava a vítima”. Suspeito de violações em Guimarães escolhia mulheres até aos 30 anos e ameaçava-as com faca – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Ago 30, 2023

As queixas por violação e agressão em Guimarães começaram a chegar à Polícia Judiciária em 2021. A primeira parecia tratar-se de um caso isolado — crime que pode ser considerado como um “facto de oportunidade”, explicou ao Observador fonte da PJ –, já que agressor e vítima não têm qualquer tipo de relação, nem se conhecem. Mas passou um ano e chegou uma nova queixa. A partir daí, as histórias de adolescentes e jovens com menos de 30 anos vítimas de violação e agressão começaram a repetir-se com mais regularidade. Começaram então a desenhar-se linhas comuns: circulava sempre na mesma área, no centro histórico de Guimarães, só abordava adolescentes e mulheres jovens e recorria à violência para as obrigar a práticas sexuais.

O suspeito das diversas violações não escolhia uma hora específica para cometer os crimes, nem tinha uma local definido para procurar as vítimas, que depois de escolhidas eram ameaçadas com uma faca. Nem sequer se importava se estas estavam acompanhadas ou não — em alguns casos ameaçava os namorados, que fugiam em busca de socorro.

O homem de 33 anos suspeito dos crimes — que vive com a namorada está integrado socialmente — foi detido esta terça-feira, em Guimarães, por suspeitas dos crimes de agressão e de violação e acabou por ficar em prisão preventiva depois do primeiro interrogatório. Uma das coisas que mais tem chamado a atenção da investigação é a ausência de um padrão nos seus comportamentos — uma característica que tornou, aliás, o trabalho da Polícia Judiciária mais difícil. Neste momento, o número de vítimas não está fechado — podem surgir mais queixas depois da detenção e esta polícia pode também chegar à conclusão de que outros casos semelhantes que já investigou podem estar relacionados com o mesmo agressor.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *