• Ter. Mar 5th, 2024

Chega propõe que Governo use verbas do PRR para ajudar inquilinos a pagar rendas – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 1, 2023

O Chega defendeu esta sexta-feira a utilização de verbas do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) para apoiar diretamente os inquilinos no pagamento de rendas, em formato cheque, criticando António Costa pelo envio da carta à Comissão Europeia.

À margem da abertura da terceira edição da Academia Política de Verão do partido, na Assembleia da República, André Ventura defendeu a utilização “de forma transitória” de uma parte dos fundos do PRR “numa espécie de cheque arrendamento, ou de cheque crédito à habitação“.

Presidenciais de 2026. André Ventura assume que pode ser candidato se Santos Silva e Marques Mendes avançarem

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Para o líder do Chega, “o primeiro passo a dar é o Governo português propor, juntamente com outros países, uma reestruturação dos fins do PRR — que já estão definidos com questões ambientais, de investimento público e digitalização — e que uma dessas partes, uma dessas percentagens, seja alocada ao pagamento das rendas e ao pagamento do crédito à habitação“.

Para Ventura, esta solução é uma forma de encontrar “um equilíbrio” entre os interesses dos arrendatários e dos inquilinos. O presidente do Chega comentou ainda a notícia do Expresso, segundo a qual o Governo enviou uma carta à presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, em que propõe que a “habitação e retenção de talentos estejam nas prioridades” do executivo de Bruxelas.

Chega à espera do Tribunal Constitucional para saber se vai a votos na Madeira. O que está em causa?

“Diria que esta carta que o primeiro-ministro escreve hoje a Bruxelas é uma capitulação e é um embaraço para Portugal, porque é assumirmos que não conseguimos resolver os nossos problemas e mais uma vez vamos de mão estendida à Europa a ver se nos ajudam agora nesta situação”, criticou.

Ventura propõe a PSD avançar com fiscalização sucessiva de normas da lei sobre drogas



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *