• Seg. Jul 15th, 2024

Chefs on Fire. O festival em que as rockstars são os chefs – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 4, 2023

Todos os anos, o festival Chefs on Fire apresenta novidades que têm contribuído para enriquecer o evento e reforçar a sua importância no panorama dos grandes acontecimentos do verão. Este ano não é excepção: depois de uma segunda edição pop-up fora da área metropolitana de Lisboa, em Aveiro, em junho último (a primeira foi em 2022, em Almada), o Chefs on Fire regressa agora no mês do costume, setembro, ao sítio do costume, a FIARTIL, no Estoril, mas em dose reforçada, de três dias (8, 9 e 10), e com novos atrativos, como um palco internacional que vai acolher um plantel de chefs vindos de Espanha, já a preparar a primeira incursão além-fronteiras, marcada para o próximo ano no país vizinho.

O crescimento do evento, distinguido em 2022 como “Evento Gastronómico do Ano” pelo site Mesa Marcada e com o Prémio Nacional de Turismo Gastronómico apoiado pelo Turismo de Portugal, não vem alterar o seu ambiente acolhedor – a entrada continua limitada a 2000 pessoas por dia, o que possibilita uma circulação confortável e espaço para todos – nem a sua preocupação com a sustentabilidade: o festival será mais sustentável que nunca, com o objetivo de reduzir ao máximo a sua pegada ambiental, valorizando os recursos naturais e procurando devolver à terra aquilo que dela retirar.

Um dos fatores que torna o Chefs on Fire verdadeiramente especial é o facto de unir música e gastronomia numa simbiose única. Enquanto grandes artistas nacionais sobem ao palco musical, outros demonstram o seu tipo de arte, a de transformar matéria-prima de qualidade em pratos deliciosos, em pequenos palcos individuais. São os chefs convidados as verdadeiras estrelas deste evento. E não falta talento na constelação que irá brilhar este ano.

Os mais de 30 chefs que marcarão presença na edição deste ano do Chefs On Fire foram escolhidos por uma equipa liderada pelo mentor e curador deste evento, Gonçalo Castel-Branco. Incluem nomes experientes, com estrelas Michelin no currículo e outros mais jovens e prometedores, sob a designação “Rising Stars”. A estes juntam-se, pela primeira vez, uma seleção de chefs internacionais, neste caso espanhóis, para estrear o novo Palco Internacional do evento. As matérias-primas a confeccionar também primarão pela diversidade, para garantir que quaisquer restrições alimentares dos visitantes não os impedirão de desfrutar do evento.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Eis a lista de chefs presentes e respectivos pratos que irão confecionar, com cada * a indicar restaurante com estrela Michelin:



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *