• Ter. Abr 16th, 2024

Cerca de 20% dos alunos das escolas de Leiria são estrangeiros – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 6, 2023

Cerca de 20% dos 15 mil alunos das escolas do concelho de Leiria são estrangeiros, revelou a vereadora da Educação daquele município. Assinalando a abertura do ano letivo, Anabela Graça (PS) afirmou, na reunião de Câmara de terça-feira, que os estabelecimentos de ensino do concelho de Leiria “irão acolher 745 novos alunos, de um total de cerca de 15.050 alunos (do pré-escolar ao ensino secundário)”.

“Deste número, uma percentagem significativa, cerca de 20%, diz respeito a alunos estrangeiros, provenientes de vários países”, revelou a vereadora e vice-presidente do município. Para estes estudantes, “é prática do município a articulação da Equipa Multidisciplinar de Plano Inovador de Combate ao Insucesso Escolar, com o Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes — CLAIM”.

“No âmbito da escola inclusiva (educação especial), o Município dará continuidade ao programa ‘Toca a Incluir’, com sessões de música e ioga para as crianças que frequentam os centros de apoio à aprendizagem”, disse a autarca.

Durante a interrupção das atividades letivas de verão, ao abrigo de contratos interadministrativos celebrados com as juntas de freguesia, foram realizadas várias intervenções de beneficiação nos estabelecimentos de ensino, num investimento de cerca de 715 mil euros.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Atendendo ao elevado número de crianças em lista de espera na educação pré-escolar, a Câmara vai reabrir duas salas nas antigas instalações do jardim de infância de Marrazes n.º 2 e está em preparação a requalificação e ampliação da antiga escola básica (EB) Estrada Nacional, nos Pousos, para a educação pré-escolar. Está ainda em curso a instalação de duas turmas do 1.º ciclo nas instalações da Escola Monsenhor José Galamba de Oliveira, em Marrazes.

Anabela Graça lembrou que está a decorrer o concurso público para requalificação da EB 2.º, 3.º ciclo D. Dinis, com um preço base de 7,3 milhões de euros, assim como a intervenção da Escola Secundária Afonso Lopes Vieira, com um preço base de 5,1 milhões de euros.

“O Município está a preparar a intervenção para a EB de Marrazes, cujo estudo prévio mereceu parecer favorável do Ministério da Educação, e está em curso o procedimento para a elaboração dos projetos de arquitetura da Escola Básica e Secundária Henrique Sommer, Maceira e Escola Básica Dr. Correia Alexandre, na Caranguejeira”, acrescentou a vereadora.

Com o objetivo de dar respostas às famílias, “nomeadamente ao nível da conciliação entre a vida familiar e profissional”, o município deu continuidade ao programa de atividades de animação e apoio à família em todos os jardins de infância do concelho, com 100% de cobertura, e o desenvolvimento do projeto “Arte Palmas”, com oferta de atividades de música e dança.

A Componente de Apoio à Família do 1.º ciclo “funciona em todas as escolas cujas famílias necessitem, sendo assegurada pelas entidades parceiras do Município: juntas de freguesia, associações de pais e instituições particulares de solidariedade social”.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *