• Ter. Abr 16th, 2024

César trava críticas a Marcelo e pede “muita paciência” para “proteger estabilidade institucional” – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 10, 2023

O fecho da Academia Socialista, a rentrée do partido, ficou para o presidente Carlos César que passou por Évora para deixar ataques para fora, mas também com uma mão cheia de avisos para dentro. O mais significativo, tendo em conta a última semana e a tensão que saiu do último Conselho de Estado, para aplacar uma eventual onda de críticas socialistas ao Presidente da República. “O PS sabe que tem que, com muita paciência, muita paciência, continuar a procurar e proteger a estabilidade, inclusive no plano institucional e, desde logo, nas relações com outros órgãos de soberania”. Mas a necessidade de o PS manter boas e mais alargadas relações, não fica por Belém.

Foi muito direto numa mensagem que chegou no fim da sua intervenção onde apontou a estabilidade com um “valor de confiança e de credibilidade” de que o PS não pode prescindir nesta fase. Isto ao mesmo tempo que avisava que “não se governa sozinho em parte alguma” e que “é preciso ter consciência disso e ter a humildade suficiente para isso”. César quer a maioria socialista “a continuar a procurar outros contributos, dentro e fora do país, de outros setores de opinião, outros partidos. dos parceiros sociais que importa mobilizar mais ativamente”.

Esta ideia também á ssociada à discussão do Orçamento do Estado, que vem aí, com César a aconselhar que o PS aproveite “os contributos que achar úteis — mesmo do PSD (ler mais abaixo) — para a governação do país, venham eles de que partidos e entidades vierem. Provaremos assim, para além da maioria parlamentar, a nossa maioridade política“.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *