• Qui. Fev 29th, 2024

Cientistas geram os primeiros rins com células humanas em embriões de porcos – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 11, 2023

Ao longo de 28 dias, células humanas cresceram a par de células de porco e deram origem a rins parcialmente humanos num embrião de porco. A equipa liderada por investigadores dos Institutos de Biomedicina e Saúde de Cantão (China) considera que se “abriu um caminho excitante para a medicina regenerativa e uma janela artificial para estudar o desenvolvimento renal humano”. Os resultados foram publicados na revista científica Cell Stem Cell.

Apesar de se ter demonstrado, pela primeira vez, que era possível criar órgãos com células humanas em porcos, os cientistas estão ainda longe de conseguir criar órgãos 100% humanos no animal e sem deixar que as células humanas se escapem para outras partes do organismo do animal. Neste caso, os rins eram compostos por 50 a 60% de células humanas e também foram encontradas algumas células humanas no cérebro (o que poderia levantar problemas éticos), na medula espinal, no coração e no fígado, mas não nos órgãos reprodutores.

Se vier a mostrar-se possível criar órgãos totalmente humanos noutros mamíferos, isso poderia permitir que as células do doente dessem origem ao órgão a transplantar, minimizando o risco de haver rejeição do transplante. “Os animais poderiam servir como incubadoras de hipotéticos órgãos feitos à medida, criados a partir das próprias células do doente, evitando assim os riscos de rejeição”, comentou, sem ter participado no estudo, Rafael Matesanz, fundador da Organização Nacional de Transplantes espanhola, ao Science Media Centre Espanha (SMC Espanha).

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *