• Ter. Abr 16th, 2024

Grand Tourtour – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 12, 2023

As medidas apresentadas por António Costa para cativar os jovens portugueses e convencê-los a ficarem em Portugal – que incluem 4 bilhetes na CP, estadia numa pousada da juventude, devolução do valor das propinas e um cheque-livro – foram criticadas com a costumeira parolice nacional. Só a estreiteza de vistas, típica duma oposição mesquinha que apenas sabe dizer mal, para não perceber o ambicioso objectivo do nosso Primeiro-Ministro.

É óbvio, para quem tem algum conhecimento de história, que António Costa pretende recriar, no século XXI, a Grand Tour que, no século XVIII, a aristocracia da Europa civilizada realizava ao atingir a maioridade. Tratava-se de uma longa viagem, principalmente por Itália, em que o jovem fidalgo era apresentado à arte, cultura e sociedade italianas, terminando assim a sua educação. Ao fim de um ou dois anos, regressava a casa, já homem formado.

A única diferença é que Costa, em vez de um circuito europeu, patrocina um périplo por Portugal. De resto, está lá tudo: a educação em viagem, o crescimento interior, o desenvolvimento pessoal e a oportunidade de visitar as ruínas de uma civilização outrora grandiosa na sua fase decadente. Como se passa em Portugal, em vez de Grand Tour chama-se Grand Tourtour.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *