• Seg. Abr 15th, 2024

“Que seja simples mas com dignidade, uma festa alegre e vivida” – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 17, 2023

“Este vai ser mais um dos eventos da nossa família que é para partilhar com toda a gente que queira.” Quem o diz é a duquesa de Bragança, que em 1995 se casou com Dom Duarte Pio perante um Mosteiro dos Jerónimos com centenas de convidados e uma multidão que se juntou na rua para a ver. Agora, 28 anos depois, prepara o casamento da única filha, Maria Francisca, duquesa de Coimbra. A noiva e a mãe abriram as portas da casa da família, no Chiado, em Lisboa, e sentaram-se à conversa com o Observador. Falaram dos preparativos desta celebração ao longo de meses, do encontro de gerações e da relação entre mãe e filha. Revelaram pormenores, surpreenderam-se uma à outra e chegaram à conclusão que havia ainda muito para fazer e decidir.

A infanta Maria Francisca ocupa o lugar do meio entre os três filhos dos duques de Bragança, tem 26 anos e estudou Comunicação Social e Cultural na Universidade Católica. O noivo, Duarte de Sousa Araújo Martins, tem 31 anos é licenciado em Direito também na Católica e mestre em Direito (Bancário e Financeiro) pela Queen Mary University, em Londres. Atualmente é advogado na Uría Menéndez-Proença de Carvalho, especializado em mercado de capitais e fusões e aquisições.

O pedido de casamento aconteceu em Timor, mas rapidamente a notícia chegou a Portugal. A 15 de dezembro de 2022 os duques de Bragança anunciaram que a filha estava noiva. O pedido de casamento foi feito com uma joia criada especialmente para a ocasião e cheia de simbolismo. Com a cumplicidade dos pais da noiva, a pedra central do anel foi retirada de um par de brincos que pertenceram à mãe de Dom Duarte, também de seu nome Francisca. O noivo substituiu as pedras dos brincos por duas esmeraldas dando-lhes uma nova vida e estes serão usados por Maria Francisca na festa que irá suceder ao casamento. “Tanto no anel, como nos brincos, tenho a minha avó Francisca e o Duarte representados.” A boda, marcada para 7 de outubro, data escolhida pelo noivo e pela mãe da noiva, será na Basílica de Mafra e está planeada uma grande festa popular no exterior do monumento.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *