• Qui. Fev 29th, 2024

Da denúncia de genocídio à promessa de vencer a “guerra final” travada pela Rússia. O discurso de Zelensky na Assembleia Geral da ONU – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Set 19, 2023

Siga aqui o nosso liveblog da guerra na Ucrânia

O Presidente da Ucrânia já estará certamente habituado aos aplausos que costumam gerar-se quando entra numa sala. Esta terça-feira, enquanto se dirigia ao centro do Assembly Hall para uma das mais aguardadas intervenções do dia na 78.ª sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, Zelensky foi recebido por uma ovação dos líderes mundiais e representantes diplomáticos presentes.

Há um ano, a receção era semelhante, ainda que nessa altura a intervenção do líder ucraniano tenha sido feita num discurso gravado em antecipação e projetado na câmara, no qual exigia à comunidade internacional que punisse a agressão russa. Em 2023, tendo habituado o mundo a deslocações pontuais ao exterior, não perdeu a hipótese de falar perante a assembleia, ainda que se tenham registado as ausências de peso dos líderes de França, Reino Unido, China e a já antecipada Rússia.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *