• Qui. Fev 22nd, 2024

Maló de Abreu nega ter mentido sobre convite do Chega e acusa PSD de “saneamento hipócrita” – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Jan 20, 2024

O ex-deputado do PSD António Maló de Abreu recusa que tenha mentido quando negou publicamente a notícia do Observador de que havia negociações em curso para que fosse candidato a deputado pelo Chega — uma notícia confirmada este sábado por André Ventura. Maló de Abreu, que chegou a garantir que havia da sua parte um “não rotundo à integração nas listas do Chega”, diz agora que só recebeu um convite formal na sexta-feira e que houve uma gota de água que o levou a mudar de ideias, acusando a direção do PSD de “saneamento hipócrita”.

Em entrevista à CNN Portugal, este sábado, explicou que na altura em que recusou publicamente que estivessem em curso conversações com o partido de André Ventura o que queria era afastar-se “completamente” da vida política. “Já tenho idade para ter juízo”, atirou. Na altura, segundo garante agora Maló de Abreu, não tinha nenhum convite formal para ser deputado pelo Chega, nem pensava “em ir para o Chega”. De acordo com esta versão dos factos, o convite do partido de André Ventura terá surgido depois da notícia do Observador, quando “puseram lama na ventoinha” e o colaram ao Chega.

Depois de o Observador ter noticiado que havia conversações em curso para que António Maló de Abreu — que horas antes tinha anunciado a rutura com o PSD, 40 anos depois de se ter feito militante do partido — fosse candidato a deputado pelo partido de Ventura, antigo deputado ex-social-democrata rejeitou a notícia e desdobrou-se em declarações a vários órgãos de comunicação social. Em entrevista à CNN, chegou mesmo a dizer o seguinte: “Não espero integrar as listas do Chega e da minha parte há um não rotundo à integração nas listas do Chega”.

Este artigo é exclusivo para os nossos assinantes: assine agora e beneficie de leitura ilimitada e outras vantagens. Caso já seja assinante inicie aqui a sua sessão. Se pensa que esta mensagem está em erro, contacte o nosso apoio a cliente.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *