• Ter. Abr 16th, 2024

Paul Pogba suspenso por quatro anos devido ao uso de doping – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Fev 29, 2024

Paul Pogba foi suspenso por quatro anos devido ao uso de metabólitos de testosterona, uma substância proibida. A notícia foi avançada pela Gazzetta dello Sport, que indica que o Tribunal Nacional Antidopagem italiano tinha pedido precisamente uma pena de quatro anos de suspensão para o jogador da Juventus em dezembro.

O internacional francês tinha sido provisoriamente suspenso em setembro, quando foram encontrados vestígios de metabólitos de testosterona na análise que tinha feito a 20 de agosto, na primeira jornada da Serie A e logo depois de um jogo contra a Juventus. Pogba até foi suplente não utilizado na vitória dos bianconeri em Udine, não tendo cumprido um único minuto da partida, mas acabou por ser submetido ao controlo antidoping após o apito final.

Contra-análise a Pogba confirma presença de metabólitos de testosterona

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Na altura, o Tribunal Nacional Antidopagem italiano indicou que o jogador incorria numa pena mínima de dois anos de suspensão que podia chegar aos quatro se ficasse provado que tinha tido a intenção de se dopar. Pogba exerceu o direito de pedir uma contra-análise, que no início de outubro confirmou a presença de metabólitos de testosterona, um esteróide anabolizante que ajuda a acelerar o desenvolvimento muscular.

Rafaela Pimenta, a agente do internacional francês, indicou que Pogba “nunca teve a intenção de infringir as regras” e que a pena poderia mesmo ser reduzida a alguns meses se a utilização da substância proibida tivesse acontecido “fora do contexto competitivo e não estivesse ligada a melhoria do desempenho desportivo”. Ainda assim, em dezembro, o Tribunal Nacional Antidopagem italiano pediu mesmo os quatro anos de suspensão, pena máxima que foi agora confirmada e que vai deixar o jogador da Juventus afastado dos relvados até 2028 e até aos 34 anos.

O ano do regresso pode ficar hipotecado: Pogba testa positivo para testosterona num controlo antidoping

Depois de praticamente não ter jogado na época passada devido a uma lesão grave — fez apenas seis jogos na Serie A, somando uma única titularidade –, Paul Pogba estava de regresso às opções da Juventus na atual temporada. O médio francês tinha cumprido 52 minutos na altura em que foi suspenso, contra Bolonha e Empoli e como suplente utilizado nas duas ocasiões, e tinha demonstrado as limitações físicas naturais de quem esteve vários meses parado. Para além do futebol de clubes, Pogba sabe desde já que vai falhar o Euro 2024 e o Mundial 2026 com a seleção francesa.

O jogador francês cumpriu a formação entre Roissy-en-Brie, Torcy e Le Havre, mudando-se depois para Inglaterra para terminar as camadas jovens no Manchester United. Fez três jogos pelos red devils antes de sair para a Juventus, onde se tornou um dos melhores médios do mundo e conquistou quatro Campeonatos, duas Taças de Itália e duas Supertaças. Voltou ao Manchester United em 2016, vencendo uma Liga Europa e uma Taça da Liga e sendo notícia essencialmente pelas desavenças com José Mourinho. Em 2022, voltou a realizar o percurso inverso e regressou à Juventus. Na seleção francesa, foi parte crucial da equipa de Didier Deschamps que conquistou o Mundial 2018 e a Liga das Nações de 2021, para além de ter participado na final do Euro 2016 perdida para Portugal.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *