• Sex. Mai 24th, 2024

Al Hilal vence Al Ittihad e conquista Supertaça da Arábia – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Abr 11, 2024

Seis anos depois, Jorge Jesus podia voltar a conquistar um título na Arábia Saudita. Depois de ganhar a Supertaça com o Al Hilal em 2018, o treinador português tinha a possibilidade de voltar a levantar precisamente a Supertaça e novamente com o Al Hilal. Para isso, precisava de derrotar o Al Ittihad, vencedor da mesma competição na época passada.

Mas a conquista da Supertaça significava muito mais do que isso. Ao ganhar esta quinta-feira, Jorge Jesus podia carimbar o primeiro troféu de uma temporada que já conta com um recorde do Guinness e em que ainda pode juntar Campeonato e Taça. Ou seja, confirmar desde logo que a ideia de voltar à Arábia Saudita foi uma aposta ganha por ele, pelo clube e pelo próprio futebol do país.

“É preciso relembrar que ainda não temos troféus. O nosso objetivo é exatamente esse, o de conquistar o nosso primeiro troféu nesta temporada. Os nossos jogadores não foram afetados pelo Ramadão, estão habituados e lutaremos pelo nosso objetivo. O Al Ittihad já jogou contra nós esta época em estilos diferentes e poderá surpreender. Têm uma linha ofensiva diferenciada e nós temos de apresentar a nossa melhor abordagem defensiva”, disse o treinador português, que eliminou o Al Nassr de Cristiano Ronaldo na meia-final, na antevisão da partida.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Assim, nos Emirados Árabes Unidos e com a presença de Neymar no estádio, Jorge Jesus lançava Aldawsari, Malcom e Michael no apoio a Al Shehri, com Rúben Neves a ser titular no meio-campo. Do outro lado, num Al Ittihad de Marcelo Gallardo que afastou o Al Wehda na meia-final, Hamdallah e Benzema surgiam no ataque, com Kanté no setor intermédio, e Jota começava no banco de suplentes.





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *