• Ter. Mai 28th, 2024

“É uma certeza absoluta”. Instabilidade no mercado de café vai ter reflexo no preço a pagar pelo consumidor – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Mai 8, 2024

O presidente executivo (CEO) do Grupo Nabeiro – Delta Cafés admitiu esta quarta-feira que “é uma certeza absoluta” a repercussão no preço ao consumidor da instabilidade no mercado de café.

Rui Miguel Nabeiro falava aos jornalistas no final do evento, em Lisboa, durante o qual foram apresentadas as principais novidades do grupo, entre os quais as novas categorias de produtos onde se incluem os gelados Swee, os smothies Ootie, e os snacks Unboring.

Questionado sobre se a instabilidade do preço da matéria-prima do café pode ter reflexos no valor que o consumidor terá a pagar a breve trecho, o CEO admitiu que sim. “Diria que é uma certeza absoluta que vai ter”, afirmou.

“Não temos forma de sustentar sozinhos e acomodar nas nossas margens uma subida de 200% no café robusta” face há um ano, prosseguiu o gestor.

O CEO diz que é “absolutamente impossível” o grupo conseguir “acomodar” as subidas do preço da matéria-prima nos mercados internacionais, recordando que até mesmo o preço do cacau tem estado em alta.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Preço do cacau supera 10.000 dólares por tonelada, um novo recorde

“Todas as matérias-primas estão de novo a subir muito”, por várias razões, incluindo também fatores especulativos.

“Não somos especuladores, temos de comprar o café, temos de torrar o café e os preços a pagar” são elevados, prosseguiu, apontado que “pela primeira vez na história o café robusta é mais caro que o café arábica”.

O Vietname é um dos grandes produtores da variedade robusta, o qual tem uma “produção muito curta”, o norte da Europa, com a “subida dos preços do café, dizem os traders, começou a introduzir nos seus blends café robusta, que era mais barato” e os consumidores não se queixaram, explica.

E, de repente, “tivemos um aumento do robusta e aconteceu isto” e ficou mais caro que o arábica.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *