• Sex. Jun 21st, 2024

A revelação mais estranha de Godzilla Minus One levanta todos os tipos de perguntas sem resposta

Byadmin

Jun 6, 2024
A revelação mais estranha de Godzilla Minus One levanta todos os tipos de perguntas sem resposta

Depois que Godzilla usa sua respiração atômica, vemos o que parecem ser escamas caindo da criatura, e após o ataque a Ginza, há menções de “fragmentos” deixados em seu rastro. A teoria diz que um pedaço de um desses fragmentos atingiu Noriko, e como vimos que Godzilla tem a capacidade de regenerar feridas, é lógico que a habilidade se estenderia às suas escamas e o contato com Noriko poderia ter sido o razão de sua sobrevivência.

Apoiando a teoria estão as observações que o diretor de “Godzilla Minus One”, Takashi Yamazaki, fez no Godzilla Fest em Osaka (via IGN), onde explicou que a marca preta em Noriko era resultado das células Godzilla, também chamadas de células G.

Isto está longe de ser o primeiro aparecimento destas células G. O conceito foi introduzido pela primeira vez no filme “Godzilla vs. Biollante”, de 1989, onde um cientista consegue unir algumas células de Godzilla com as de sua falecida filha e também com uma rosa, criando acidentalmente o kaiju Biollante – que tem as características de Godzilla, mas com uma pitada de plantas para garantir. Embora Godzilla tenha derrotado Biollante, suas células acabaram caindo em um buraco negro, onde se misturam com organismos cristalinos e energia de estrelas em explosão, criando finalmente SpaceGodzilla, co-estrela do filme de 1994 “Godzilla vs. SpaceGodzilla”.

Poderia o enredo de uma sequência de “Godzilla Minus One” ser que Noriko de alguma forma se torna um kaiju como Biollante? Coisas estranhas aconteceram, é claro, e a ideia de um kaiju humanóide já fazia parte de “Shin Godzilla” de 2016. Esse filme terminou com uma cena do que parecem ser Godzillas de tamanho humano saindo da cauda do próprio grandalhãoque foi congelado até a morte.

Source

By admin

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *