• Sex. Jun 14th, 2024

Porsche oferece 4185€ a quem compre um Taycan em vez de um Tesla – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Jun 10, 2024


A Porsche surpreendeu o mercado ao anunciar uma campanha em que oferece 4500 dólares, o equivalente a 4185€, a quem queira adquirir um Taycan e tenha um leasing de um modelo de outra marca. De momento, a campanha é apenas válida para o mercado norte-americano, mas nada impede que se internacionalize.

Para a imprensa local, tornou-se óbvio que a “outra marca” a que se refere o construtor alemão, nesta campanha que denomina Conquest Lease Program, é a Tesla. E esta não é uma conclusão que necessite de um particularmente complexo exercício de dedução, uma vez que o Model S é não só o líder de vendas entre esta classe de berlinas desportivas eléctricas, como a Tesla é a única marca onde a Porsche pode tentar “roubar” uma maior quantidade de potenciais clientes. Resta saber se os clientes da Tesla trocam os 4500 dólares oferecidos pela Porsche pela maior potência, autonomia mais generosa e um preço mais reduzido do Model S.

Porsche melhora Taycan, mas Turbo S (ainda) perde para Tesla Model S Plaid

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Não deixa de ser curioso o facto de a Porsche esgrimir esta agressividade comercial imediatamente depois de iniciar o período de vendas do renovado Taycan — que passou a montar uma bateria com maior capacidade, entre outras melhorias —, pois este tipo de estratégia é mais justificável quando os modelos estão em fim de ciclo.

De acordo com a norte-americana Cars Direct, a Porsche oferece-se para pagar as mensalidades do leasing, dependendo do período que o potencial cliente ainda tem no actual contrato. Assim, se faltarem de 31 a 60 dias, a marca alemã paga 1500$. Já se o contrato ainda estiver válido por mais 61 a 90 dias, quem mudar de leasing para um Taycan pode receber uma ajuda de 3000$, ao passo que os 4500$ se aplicam em contratos que ainda são válidos por mais 91 a 180 dias.

É possível que este Conquest Lease Program não seja apenas movido pela agressividade comercial da marca germânica, sobretudo num momento em que a procura por novos eléctricos está a desacelerar, mas sim por um certo desespero devido ao mau momento que atravessam as acções da Porsche. Só no último mês, o valor dos títulos da marca caíram 12,38%, como pode ver na galeria, no que se pode considerar um tombo considerável, sobretudo porque acontece no momento em que o construtor acaba de renovar o Taycan e o 911, lançando ainda os novos Cayenne e o Macan eléctrico.


2 fotos

Se analisarmos o comportamento das acções da Porsche num prazo mais dilatado, então a situação é ainda mais preocupante. Nos últimos 12 meses, os títulos da marca cotada na bolsa de Frankfurt caíram de 117,45€ para somente 73,60€, perdendo 37,34% do seu valor. Mais do que isso, as acções da Porsche estão agora abaixo dos 82,5€ a que foram lançadas durante o IPO de 2022.



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *