• Ter. Abr 16th, 2024

Ansu Fati a caminho do Brighton – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Ago 31, 2023

Foi um episódio, apenas um episódio, mas mostrou muito daquilo que o Barcelona é por estes tempos. Se na semana que antecedeu o início da Liga os catalães tinham apenas 11 jogadores de campo disponíveis antes de fazerem algumas alterações (vulgo saídas) e inscreverem quase todos os elementos menos Marco Alonso, os problemas estão longe de terem ficado para trás e foi isso que originou um episódio caricato agora com João Cancelo: o internacional português está em Lisboa com a devida permissão do Manchester City, o acordo por um ano de empréstimo com opção de compra está feito mas o lateral acabou por voltar para trás quando se preparava para rumar num avião privado para Espanha porque ainda não havia dinheiro disponível.

Como há sempre um “mas”, o problema deverá ficar resolvido nas próximas horas. Ou seja, as questões que estão ligadas ao acordo feito com a Liberto Football Finance AG para a aquisição de 29,5% da Barça Vision à Bridgeburg Invest deverão ser desbloqueadas e o clube contará com uma injeção de dinheiro que permitirá inscrever na Liga os últimos reforços que Xavi Hernández ainda espera para o seu plantel. Ainda assim, e como o tempo é o pior inimigo nestas situações, o próprio líder culé Joan Laporta e o tesoureiro Ferran Olive terão assinado uma garantia bancária com riscos pessoais para que entrem de imediato 20 milhões.

O Barça pode ser um dos maiores clubes a todos os níveis incluindo as receitas mas os erros do passado ainda estão a chegar todas as épocas em forma de fatura que obriga a uma ginástica financeira para cumprir os mínimos dos mínimos. Esse tem sido o principal obstáculo (mais uma vez) dos campeões espanhóis neste mercado mas João Cancelo não deverá ser o único reforço a chegar ao plantel blaugrana nos últimos dias, que já recebeu Oriol Romeu, Ilkay Gündogan e Iñigo Martínez por 3,4 milhões de euros mais prémios de assinatura. Aliás, a principal surpresa pode mesmo ser a forma como isso irá acontecer.

Quando se falavam de nomes “grandes” para Ansu Fati, um dos maiores talentos saídos da La Masia nos últimos anos que demorou até renovar contrato mas está na lista de saídas do Barça (por não ter o tempo de utilização que considerava que iria somar após regressar de uma longa paragem por lesão), o avançado não vai rumar a nenhum Tottenham mas sim ao mais modesto Brighton de Roberto de Zerbi. Após terminar a última Premier League na sexta posição, a equipa perdeu titulares como Moisés Caicedo, Alexis Mac Allister ou Roberto Martínez, num total de quase 200 milhões em vendas, e tenta agora refazer o coletivo para não perder a competitividade. A confirmar-se, Jorge Mendes consegue solucionar mais um problema.

Mas este poderá não ser o único jogador da carteira do agente português a encontrar solução para o futuro nos próximos dias. Confirmando-se mesmo a saída por empréstimo do internacional espanhola para aquela que foi a equipa revelação da última época em Inglaterra, João Félix ganha outro espaço para poder assumir a posição em falta no ataque do Barcelona, num provável modelo de empréstimo do Atl. Madrid com opção de compra. Não sendo o modelo pretendido pelos colchoneros, que viam com bons olhos a venda do jogador já este verão, o final do mercado e a atual situação do avançado mudam o contexto possível de negócio, sendo que as dificuldades do Barça, conhecidas pelo rival, impedem algo que não uma cedência.

Depois de uma pré-temporada com vários casos que foram complicando ainda mais a vida em Madrid no Atlético, incluindo uma entrevista onde admitiu que sonhava jogar no Barcelona, João Félix não soma qualquer minuto oficial na presente época apesar de ter sido duas vezes suplente não utilizado frente ao Granada (3-1) e ao Rayo Vallecano (7-0). Nesse primeiro jogo, no Metropolitano, o internacional português foi assobiado quando viu o seu nome ser anunciado no estádio e acabou a ouvir graves insultos por parte de uma franja de adeptos quando estava a fazer o habitual treino após o jogo para os não utilizados. Os culé não são a única hipótese para o jogador, que tem o Benfica atento a toda a situação e a Arábia Saudita como uma alternativa de luxo em termos financeiros, mas desde sempre que assumiram o posto de prioridade para o avançado e para o próprio agente, que mantém uma relação muito próxima com os blaugrana.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *