• Qui. Mai 30th, 2024

“Se não me quiserem, por alguma razão, vou embora”. Bruno abre a porta à saída do United, mas Ten Hag diz que clube “quer mantê-lo” – Observador Feijoada

ByEdgar Guerreiro

Mai 16, 2024

A reta final da temporada de Bruno Fernandes tem sido atribulada, com o médio português a falhar os primeiros jogos da carreira por lesão e essa mesma ausência a coexistir com um período de três jogos sem vencer por parte do Manchester United. A equipa de Erik ten Hag está no oitavo lugar da Premier League e já só pode sonhar com a Liga Conferência — um contexto que abre a porta a um mercado de transferências agitado em Old Trafford.

Nos últimos dias, a comunicação social inglesa tem indicado que Jim Ratcliffe, empresário que adquiriu recentemente 25% do Manchester United, pretende realizar uma espécie de reformulação da equipa principal de futebol — e que pode ou não incluir a saída do próprio Erik ten Hag. Varane já anunciou a saída, os jovens Kobbie Mainoo, Alejandro Garnacho e Rasmus Højlund têm sido os mais associados a potenciais transferências no verão, mas a última semana acrescentou o nome de Bruno Fernandes a esse lote.

De acordo com a BBC, o Bayern Munique é um dos principais interessados no médio português — que há dois anos renovou até 2026 — e o Manchester United olha com bons olhos para uma transferência que significaria um encaixe financeiro importante. Rumores que se tornaram ainda mais relevantes esta quarta-feira, dia em que Bruno Fernandes voltou à titularidade na vitória dos red devils contra o Newcastle, quando o jogador foi confrontado com a notícia.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

“Vou estar aqui se o clube quiser que eu seja uma parte do futuro. Se, por alguma razão, não me quiserem, vou embora”, disse o internacional português à Sky Sports, numa declaração que até foi aparentemente interrompida por Erik ten Hag, que foi retirar o jogador da frente do microfone com sorrisos pelo meio. Ainda assim, já na conferência de imprensa, o treinador procurou esvaziar os rumores e garantir que o clube quer segurar Bruno Fernandes.

Oitava goleada, 13.ª derrota, um 8.º lugar que seria inédito: Manchester United nunca tinha perdido tantos jogos na Premier League

“O clube quer manter o Bruno, absolutamente. Tenho de ver a entrevista. Do que conheço dele, adora o Manchester United, os adeptos do Manchester United, e adora jogar pelo Manchester United. Dá sempre o melhor que tem e é um exemplo para todos, até quando está lesionado. Adora futebol e quer sempre ganhar, é assim que descrevo a personalidade dele. Não é fácil, quando tem tantos jogadores lesionados à volta dele e tem de carregar a equipa. Mas mantém sempre um bom nível e, especialmente na primavera, chega a níveis brilhantes”, explicou o neerlandês.

Contudo, e principalmente a partir das palavras do próprio jogador, a permanência de Bruno Fernandes no Manchester United é um assunto que está longe de estar encerrado. O médio português será um dos nomes a ter em conta no mercado de verão, essencialmente após um Campeonato da Europa onde será um dos crónicos titulares de Roberto Martínez na Seleção Nacional.

A caminho de ser uma lenda: Bruno Fernandes é o novo capitão do Manchester United





Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *